Jornal O Interiorano - A verdade como referência - Fundador: João Victor da Silva - CNPJ: 13.513.199/0001-01 - Fone: (83) 8855-0110 - Sapé-Paraíba.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Aguinaldo e Gilberto Occhi

 disputam indicação

 do PP para Ministério das Cidades

Occhi já foi ministro das Cidades durante o segundo mandato da presidente cassada Dilma Rousseff

O PP, dono da quarta maior bancada da Câmara, com 45 deputados, já pressiona Michel Temer para conseguir indicar o substituto de Bruno Araújo (PSDB-PE) no Ministério das Cidades e ampliar o espaço do partido no governo. Integrantes da cúpula da legenda querem emplacar o atual presidente da Caixa, Gilberto Occhi, mas interlocutores de Temer no Palácio do Planalto defendem o nome do líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).
O PP não abre mão de manter o comando da Caixa e dos Ministérios da Agricultura e Saúde. Caso Occhi vá para Cidades, o partido quer indicar o substituto no banco. Se o Planalto não aceitar, outro nome técnico para a pasta é o do economista Carlos Vieira. Paraibano, ele já foi secretário executivo das Cidades e da Integração Nacional.
Occhi já foi ministro das Cidades durante o segundo mandato da presidente cassada Dilma Rousseff (PT). Ele ficou no cargo entre março de 2014 e abril de 2016, véspera da votação do impeachment da petista na Câmara. De perfil técnico, ele é homem de confiança do presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), e sua indicação agradaria à bancada no Congresso. Como não pretende disputar as eleições de 2018, ele não precisaria deixar o ministério no início de abril. “Estou em um projeto de fortalecer a Caixa, mas sou soldado”, afirmou Occhi
As informações são de reportagem de Igor Gadelha e Vera Rosa no Estado de S.Paulo.
Brasil 247

segunda-feira, 13 de novembro de 2017


João afirma não ter medo de candidatos

da oposição: "Nenhum me preocupa”

João também alfinetou Cássio e Cartaxo 

dizendo que os dois terão que se explicar ao povo




O secretário de Infraestrutura e Recursos Hídricos, João Azevêdo, pré-candidato do PSB ao Governo do Estado, demonstrou total segurança em relação a sua posição para as eleições de 2018. Durante entrevista à Rádio Band News, nesta segunda-feira (13), ele afirmou categoricamente que não está minimamente preocupado com quem vai disputar o cargo no ano que vem. “Eu não sou candidato de mim mesmo [...] Represento uma gestão aprovada por mais de 75% da população paraibana”, justificou.

João também alfinetou o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), e o senador Cássio Cunha Lima (PSDB). “Não tenho a mínima preocupação, até porque a discussão será muito mais pautada naquilo que foi produzido, do que em algumas pessoas que passaram pela gestão e não fizeram o seu ‘dever de casa’, nem tão pouco em alguém que está a frente de uma prefeitura como essa”, comentou.

O secretário ainda sugeriu que, enquanto vai esclarecer os resultados da gestão que representa, alguns candidatos vão ter que se explicar. “Algumas pessoas, dependendo de quem foi o candidato, terão que se explicar porque que quando passaram pela gestão não fizeram nada, e porque que estando à frente da prefeitura de uma grande cidade não fazem”, argumentou.
Com WSCOM

sábado, 11 de novembro de 2017

Bastidores: Célio Alves trabalha por apoio de Valdomiro em Mari e ex vice-prefeito pode perder espaço no governo RC

Com a proximidade das eleições do ano que vem, as articulações políticas andam a todo vapor e com isso os pré-candidatos trabalham para formarem suas bases visando o pleito de 2018.
Informações exclusivas chegadas ao ExpressoPB.net dão conta de que o ex Secretário de Comunicação do Estado, Célio Alves pretende formar em Mari um grupo para apoiá-lo na sua disputa por uma das 36 vagas da Assembleia Legislativa da Paraíba e para tal já teria contatado com o ex candidato a vice-prefeito na chapa de Marcos Martins nas eleições do ano passado, Valdomiro do Banco, este ficando de lhe respostar nos próximos dias.
Ainda segundo a fonte, caso Valdomiro aceite capitanear um bloco de apoio a Célio Alves, os espaços ocupados hoje no Governo do Estado em Mari pelo ex vice-prefeito Jobson passariam ao comando de Valdomiro, ainda mais depois que o ex vice-prefeito se deixou aparecer em evento ao qual o Senador Cássio Cunha Lima também esteve em Cruz do Espírito Santo no último sábado (05).
A expectativa agora é saber se Valdomiro do Banco, como é conhecido, vai aceitar abandonar Marcos Martins e seguir carreira solo ao lado Célio.
Da Redação 
Do ExpressoPB

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Audiência pública discute criação

de Distrito Industrial de Turismo em JP

Projeto foi idealizado na década de 80

A Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep) e a Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) realizarão, na próxima terça-feira (14), às 15h, no Centro de Convenções de João Pessoa, audiência pública para apresentação e discussão do Estudo Ambiental Complementar referente à licença de instalação do Distrito Industrial do Turismo da Capital paraibana.

O objetivo da audiência pública é conscientizar a população sobre os aspectos ambientais relacionados à implantação do empreendimento. Estarão presentes gestores públicos e representantes de órgãos de fiscalização, além de moradores da região. Na ocasião, serão apresentadas as medidas previstas para a prevenção da degradação do ecossistema, preservação da biodiversidade, tratamento e destinação ambientalmente seguros de resíduos, resgate e recuperação das áreas degradadas.

O decreto n° 37.192 de 2016, assinado pelo governador Ricardo Coutinho, marcou a transferência das áreas destinadas à implantação do Polo Turístico do Cabo Branco para a Cinep, a fim de acelerar a efetivação do projeto, que foi idealizado ainda na década de 1980.

O projeto prevê a instalação de hotéis e diversos serviços voltados ao segmento turístico na região onde está situado o Centro de Convenções. Para isso, o Governo do Estado preparou a infraestrutura e construiu o Centro com o intuito de fornecer as condições necessárias para os investimentos da iniciativa privada.

“Todos sabem que a Paraíba tem um grande potencial turístico, por isso o Governo do Estado preparou a infraestrutura adequada para instalação dos empreendimentos e agora estamos realizando os procedimentos previstos na legislação para tirar esse projeto do papel. Essa é uma ação de grande importância para o turismo no estado”, afirma Tatiana Domiciano, superintendente da Cinep.
Da redação com assessoria

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Em SP, Ricardo destaca projeto Cidade Madura


09/11/2017 às 14h21 atualizado em 09/11/2017 às 15h50
O governador Ricardo Coutinho apresentou o projeto Cidade Madura no Fórum Estadão, nesta quinta-feira (9). O gestor ainda participa de um debate sobre habitação onde aborda a realidade dos idosos no Brasil.
No debate, exibido em tempo real pelas redes sociais de Ricardo, o governador respondeu questões relacionadas a problemas sobre o sistema habitacional, além de resoluções e alternativas para a realidade da terceira idade, que tem crescido no país, e na Paraíba.
Segundo o governador, tem se tornado comum no Brasil, idosos dividirem suas casas com demais familiares, muitas vezes sem ter seu espaço respeitado. “É uma realidade real e concreta. É o sofá cama que quando desliga a televisão vai servir de cama”, ressaltou.
Questionado sobre o método de reunir idosos, Ricardo ressalta que a Cidade Madura é uma saída para idosos que não tem qualidade de vida. “Existe uma população muito grande que precisa ser olhada e atendida, isso não é segregar, é proporcionar uma melhor condição de vida às pessoas que não estão vivendo tão bem”.
Em seu discurso, Ricardo destacou que o Estado emprega recursos próprios no Cidade Madura. Ele anunciou que inaugura em janeiro um novo condomínio Cidade Madura em Sousa e inicia as obras para o de Patos ainda neste mês.
MaisPB